Modificações da aptidão física e estado nutricional de escolares em um período de 30 anos (1980-2010)

Artigo publicado em Rev.Paulista de Pediatria em 2015. Escrito por Gerson Luis de Moraes Ferrari, Victor Keihan Rodrigues Matsudo e Mauro Fisberg


Objetivo: Analisar e comparar as mudanc ̧as da aptidão física de acordo com o estado nutricional
e sexo de escolares durante 30 anos (1980-2010). Métodos: Quatro avaliac ̧ões transversais foram feitas a cada 10 anos em 30 anos: 1978-1980 (linha de base), 1988-1990 (10 anos), 1998-2000 (20 anos) e 2008-2010 (30 anos). A amostra consistiu de 1.291 escolares (188 na linha de base; 307 em 10 anos; 375 em 20 anos; 421 em 30 anos) de 10 e 11 anos. Foram analisados: peso corporal (kg), estatura (cm), forc ̧a de membros superiores (FMS; kg) e inferiores (FMI; cm), agilidade (segundos) e velocidade (segundos). Os
escolares foram classificados como eutróficos e excesso de peso mediante as curvas propostas pela Organizac  ão Mundial da Saúde de índice de massa corporal. Foi usado Anova seguida pelo método de Bonferroni para comparar os períodos e adotado p<0,01. Variac ̧ão entre a linha de base e 30 anos foi avaliada pelo delta percentual. Foram apresentados sete distintos valores de percentis para cada variável analisada. Resultados: Nos meninos e nas meninas eutróficos, as médias dos valores da FMS (-16,7%;-3,2%)
e agilidade (-1,5%; -1,6%) diminuíram significativamente em 30 anos (p<0,001). Nos meninos e nas meninas com excesso de peso, somente as médias da FMS (-15,5%; -12,5%) diminuíram signifi- cativamente (p<0,001). Após 30 anos, os valores dos percentis da FMS dos meninos apresentaram diminuicão. Conclusões: Em 30 anos, o declínio da aptidão física foi maior nos escolares eutróficos do que
naqueles com excesso de peso.

PALAVRAS-CHAVE: Criança; Aptidão física; Estado nutricional

download